top of page
  • Ong Aquasis

PEIXE-BOI PINTADA TERÁ NOVA CHANCE DE RETORNAR AO MAR

Após seu retorno ao Centro de Reabilitação de Mamíferos Marinhos da Aquasis em 2021, o animal, que já está em Icapuí, Ceará, terá uma segunda chance de retornar à natureza.


Pintada foi resgatada ainda filhote na praia de Melancias em Icapuí, em 2015. | Foto: Acervo Aquasis

 

Devolvida à natureza em julho de 2021 em Icapuí, Pintada fez uma longa jornada no sentido Leste-Oeste do litoral do Ceará, até chegar ao Rio Mundaú, na cidade de Trairí, onde permaneceu abrigada, se alimentando de pequenas folhas e bebendo água doce. O local, onde não há registro de peixes-bois nativos há muitas décadas, se mostrou um ambiente propício para a sua permanência, no entanto, Pintada não encontrou alimentos suficientes para se manter, perdeu muito peso, até que a Equipe de Resgate da Aquasis optou por trazê-la de volta ao Centro de Reabilitação de Mamíferos Marinhos (CRMM).


Pintada é uma fêmea de peixe-boi que encalhou ainda filhote em janeiro de 2015, na praia de Melancias, município de Icapuí. Ela apresentava lesões na pele e nítida perda de peso. Pintada foi levada para o CRMM, onde permaneceu por 5 anos e 10 meses, até ir para o Cativeiro de Aclimatação no mar, na praia de Peroba, em Icapuí, onde permaneceu por mais 7 meses, se adaptando ao ambiente natural. Pintada foi solta pela primeira vez na natureza no dia 06 de julho, com 6 anos de idade.


O comportamento do animal após a soltura deixou os especialistas da Aquasis em alerta durante o período em que foi monitorado. A perspectiva inicial era de que ela permanecesse na região de Icapuí, onde há uma pequena população nativa e todas as condições ecológicas ideais para sua sobrevivência. Contudo, o peixe-boi se deslocou rumo ao oeste e, pouco tempo depois, acabou perdendo o equipamento de monitoramento, dificultando ainda mais sua localização por parte da equipe. Com a ajuda de moradores locais e voluntários, ela foi localizada, remarcada com o transmissor e monitorada na região até novembro de 2021. Pintada saiu do rio Mundaú e foi localizada após alguns dias no rio Acaraú, mais a oeste, quando teve que retornar ao CRMM para recuperar o peso perdido.


Depois do período de quarentena, ela foi transferida para o Cativeiro de Aclimatação, em dezembro de 2021. Na próxima segunda-feira (16) às 7h da manhã, Pintada terá uma nova oportunidade de voltar ao mar para que ela se adapte à vida livre, sob o monitoramento da equipe técnica da Aquasis.


Caso aviste a Pintada, evite se aproximar, não forneça bebidas ou alimentos, não retire o transmissor e entre em contato imediatamente com a equipe de monitoramento por meio do número (85) 99800-0109.



177 visualizações0 comentário
bottom of page